Descubra O Guia para Koreatown em Los Angeles

The Venue

Koreatown, localizada a oeste de Downtown L.A. e ao sul de Hollywood é um dos bairros com mais diversidade em Los Angeles. Situada em quase 8 km quadrados, a área já foi o epicentro da Era Dourada de Hollywood, tendo o Ambassador Hotel, o Cocoanut Grove e o Brown Derby. Hoje, a população Coreana e Latina contribui para a rica diversidade cultural de Koreatown. K-town também é conhecida por ter uma das maiores concentrações de casas noturnas e restaurantes abertos 24h por dia no país. Mesmo quem vai ao local com frequência ainda possui muitos lugares a descobrir nesse distrito vibrante. Descubra Koreatown com nosso guia para um dos bairros mais animados de L.A.

Photo: Soowon Galbi, Facebook

Photo: Soowon Galbi, Facebook

Soowon Galbi



Um marco da cena culinária de Koreatown, e um dos estilos os mais populares da culinária asiática é o churrasco coreano, também chamado KBBQ ou gogigui (literalmente "carne + assar"). Ao contrário de muitos pontos de KBBQ, o Soowon Galbi não é buffet livre, mas os Combo Specials são fantásticos, tornando o local em um dos melhores restaurantes em L.A. para jantar em grupos grandes.

Soot Bull Jeep KBBQ

Photo: Soot Bull Jeep, Facebook

Soot Bull Jeep



Para aficionados do KBBQ, o kalbi com molho (costelinhas de gado) é o prato que define se vale a pena explorar o menu do restaurante. O kalbi no Soot Bull Jeep é tido como um dos melhores na cidade, em grande parte por conta do uso de grelhas à carvão, ao contrário das grelhas ou fogões de alta tecnologia encontrados em locais novos em K-town. Stoo Bull Jeep não seria o tipo de restaurante para ir em um primeiro encontro: a fumaça, faíscas, galho cru, música alta e decoração rústica são mais apropriadas para uma noite casual com os amigos.

Beverly Soon Tofu

Beverly Soon Tofu



O tofu soon tradicional (“soon” significa “macio” em Coreano) é feito com tofu soon, mexilhões e vegetais em um caldo apimentado. Em 1986, Monica Lee abriu o Beverly Soon Tofu, o primeiro restaurante Coreano do tipo em Los Angeles, servindo sopas soon tofu customizadas. Lee abriu o atual e segundo restaurante em 1988. Usando 4 sabores como base, Lee adiciona suas próprias interpretações de pratos tradicionais Coreanos.

Koreatown Galleria

Koreatown Galleria



Esse incrível shopping center tornou-se o centro comercial de Koreatown. Lojas incluem mais de 70 lojas de luxo e butiques, além de lojas especializadas. Esse é um dos melhores locais para explorar a cultura Coreana em L.A. em um local com estilo e modernidade. Confira as lojas de presentes para diversos itens que você só encontra em Koreatown, como vestidos Coreanos autênticos e pauzinhos personalizados. O andar superior possui uma excelente praça de alimentação, e o Cake House no primeiro andar é ideal para comprar doces.

Festival de Moles at Guelaguetza | Photo: Guelaguetza

Festival de Moles at Guelaguetza | Photo: Guelaguetza

Guelaguetza Restaurant



Não há melhor exemplo da diversidade de Koreatown, e de Los Angeles, que Guelaguetza. Embora fique em K-town, Guelaguetza é conhecida por sua autêntica cozinha de Oaxaca, assim como pela paixão da família Lopez pela cultura, música e arte de Oaxaca – e o mais importante, por suas comidas e bebidas. Além de seus premiados pratos com o molho chamado “mole”, Guelaguetza também oferece entretenimento e uma mezcaleria, um bar com uma das maiores coleções de mezcal do país. Na edição de abril de 2013, o guia Travel + Leisure nomeou o Guelaguetza como um dos melhores restaurantes Mexicanos dos Estados Unidos.

Dog Haus Biergarten

Biergarten



Biergarten é um dos melhores gastropubs de Los Angeles, um local com inspiração nos salões de cerveja da Alemanha e com 25 chopps de cervejas Americanas, Alemãs e Belgas. O pub com influencia Coreana oferece itens com mix de culturas como o chosun burger, feito com kimchi, aioli gochujang, rabanete em conserva, mostarda Dijon e carne grelhada, servido em um pão Havaiano.

OB Bear

OB Bear



O nome tem inspiração na equipe de baseball de Seoul, que era conhecida como os OB Bears. Esse pequeno pub é famoso por seu tongdak (galinha frita). A pele fina e crocante e a carne suculenta e macia ajudaram a tornar esse prato do OB Bear em um dos melhores pratos de galinha frita de L.A

HMS Bounty

HMS Bounty



Esse bar popular em Koreatown abriu suas portas em 1948 com o nome de “Gay Room”, no andar térreo do Gaylord Hotel. Hóspedes famosos incluem Sir Winston Churcill, William Randolph Hearst e Jack Webb, da série Dragnet. O Gay Room passou por diversos proprietários e mudanças de nome, vindo a ser chamado Gaylord Dining Room, The Secret Harbor e The Golden Anchor.

The Prince Restaurant & Bar

The Prince Restaurant & Bar



The Prince é tão conhecido por sua galinha frita à moda Coreana quanto por sua decoração clássica, com cabines vermelhas circulares, pinturas antigas e luminárias retrô. Um dos locais favoritos de Koreatown, o restaurante foi aberto como The Windsor nos anos 20. Fãs da série Mad Men irão reconhecer o local no segundo episódio, Ladies Roo, quando os Drapers e os Sterlings bebem martinis e comem saladas no extinto restaurante Toots Shor’s.

R Bar

R Bar



R Ba é um bar em estilo “era da proibição” que fica duas quadras ao sul da estação Wilshire/Normandie na linha vermelha do metrô. Siga o R Bar no Twitter o “Curta” a página no facebook para receber a senha de entrada. Existe algo para agradar todos gostos no R Bar, incluindo bandas ao vivo, noites de comédia, karaokê e jogos para beber durante filmes. O R Bar também possui uma das melhores jukeboxes de L.A.

S Bar

S Bar



Para quem procura algo uma noite mais luxuosa em Koreatown, vá ao S Bar, que serve um público mais VIP. Dentro do local, parece que você foi transportado ao chic lounge em Seoul, com clipes de músicas Coreanas, Djs e luzes neon. O Palm Tree, ao lado, possui karaokê em um estúdio privado onde seu grupo pode cantar no volume que desejar.

The Wiltern

The Wiltern



Fica no limite oeste de Koreatown, na esquina de Wilshire Blvd. com Western Ave., do outro lado da rua da estação de metrô da linha roxa Wilshire/Wstern. Construído em 1931, o Wiltern é um dos maiores teatros de L.A., recebendo público em pé de 2300 pessoas ou 1850 pessoas sentadas. Com design feito pelo arquiteto Stiles O. Clements, o Wiltern e adjacente Pellissier Building, de 12 andares, são considerados como uns dos melhores exemplos da arquitetura Arte Decô no país.